24 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
20/01/21 às 15h13 - Atualizado em 20/01/21 às 15h17

Guarita nova no Parque das Garças

COMPARTILHAR

Parceria entre GDF e iniciativa privada vai garantir instalação de uma portaria com banheiros e bebedouros

 

LÚCIO FLÁVIO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

Localizado na QI 15 do Lago Norte, o Parque das Garças é um exuberante espaço de lazer da cidade e vai trazer novidade a partir de fevereiro. Trata-se de uma guarita com banheiro, bebedor e vigilância. A construção do ambiente logo na entrada do bosque, em fase avançada, é uma reivindicação antiga dos usuários e conta com parceria da iniciativa privada. Segundo o administrador da RA, Marcelo Ferreira, a benfeitoria não apenas dará mais comodidade aos visitantes da área, como também segurança.

“Aqui é um parque de contemplação. É para as pessoas caminharem, passearem, andarem de bicicleta, fazerem trilha. O que acontece é que, como não tinha vigilância, pessoas faziam fogueira à noite e degradava o lugar”, lamenta. “É uma iniciativa relevante, vai ajudar a preservar o parque”, garante.

A ideia do projeto, que permite também acessibilidade aos deficientes, foi costurada entre a administração do Lago Norte, moradores da RA, iniciativa privada e o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), órgão do GDF responsável pela administração dos parques de todo o DF. A expectativa é que, com a construção desse portal, seja mais fácil evitar que as pessoas montem churrasqueiras, levem bebidas alcóolicas ou circulem com cães sem focinheira. É o que espera o servidor, Juarez Boaventura, 56 anos.

“Moro no Noroeste e faço questão de pedalar de lá até aqui só para contemplar esse lugar maravilhoso, que tem uma vista linda. É uma novidade que vai ajudar a manter esse santuário verde bem cuidado”, torce. “Se não for para burocratizar a entrada das pessoas, mas apenas evitar que elas façam uso incorreto do lugar, será uma medida bem-vinda”, enfatiza.

De acordo com informações do Ibram, que ficará a cargo da manutenção da guarita, seguranças estarão no local 24h. Uma equipe de limpeza cuidará da higienização do ambiente, que vai ter dois banheiros, dois bebedouros e uma cantina. Há mais de 40 anos vivendo no Lago Norte, o empresário, Mário Habka, 65 anos, parceiro da iniciativa, diz que o Parque das Garças é um dos lugares mais aprazíveis do DF e que a interação entre o poder público e a iniciativa privada é de vital relevância para o bem-estar coletivo.

“A gente tem que interagir com a comunidade, sentir a vibração da população, quando acontece parcerias entre o poder público e a iniciativa privada se consegue muita coisa, é fundamental”, defende. “É uma ação que vai trazer mais qualidade de vida às pessoas”, diz.

Diariamente, cerca de 200 pessoas frequentam o Parque das Garças, uma média de 3 mil visitantes só no fim de semana. Situado bem na extremidade do Lago Norte, próximo ao Clube do Congresso, o espaço, criado oficialmente em 2002, tem entre 50 espécies de aves – incluindo a que dá o nome ao lugar – e 200 de árvores. Além do Ponto de Encontro Comunitário (PEC) e trilhas para bicicletas, uma pequena prainha, que é o paraíso da garotada, traz uma enorme área verde para atividades como piquenique.

“Nota dez essa ideia de instalar uma portaria no parque. O fluxo de gente aqui é muito grande e algumas pessoas não respeitam o ambiente ecológico, causando danos ambientais”, elogia o aposentado, Dejaci Lacerda, 68 anos, que mora bem pertinho do local. “Aqui é um lugar de sossego”, frisa.

O horário de circulação pelos mais de 10,5 hectares do lugar, que é gratuito, é das 6h às 20h.

 

 

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros